Busch Gardens: o parque selvagem

Google+ Pinterest +

O Busch Gardens muitas vezes fica de fora do roteiro de quem vai a Orlando. Isso acontece, em geral, por 2 motivos: porque ele fica em Tampa, cidade a cerca de 1 hora de Orlando ou por causa do mito de que o parque se resume às suas montanhas-russas.

Realmente boa parte de suas principais atrações são radicais, mas o Busch Gardens vai bem além disso. O parque é lindíssimo de verdade, cheio de áreas verdes e para quem gosta, ainda tem vários animais selvagens e exóticos. Ele tem também uma área grande e colorida totalmente dedicada aos pequenos.

Outro ponto importante, é que por ser afastado, ele costuma ficar infinitamente mais vazio que qualquer parque da Disney ou Universal, então você acaba conseguindo ir várias vezes nos brinquedos que mais gostar.

Nada menos que 4 de suas montanhas-russas estão entre as melhores de Orlando e região, então para os corajosos de plantão o Busch Gardens é parada obrigatória. Sem falar na novíssima e inacreditável Falcon’s Fury, sobre a qual eu falo já já.

Se curte montanha-russa veja minha lista das 10 principais de Orlando e região, que inclui as 4 grandes do Busch Gardens entre as 6 primeiras posições. Clique aqui para acessar.

Busch gardens - montanhas-russas

Montanha-russa não falta por aqui!

Ah, falando nisso, como nas atrações radicais não se pode entrar com nada solto como bolsas, celular, câmeras etc, na entrada de cada uma delas há lockers (armários) que podem ser usados inserindo 50 centavos. Se não tiver moedas, há ainda máquinas para trocar notas de 1 ou 5 dólares.

O Busch Gardens faz parte do Sea World Parks que também possui o parque temático Sea World e os aquáticos Discovery Cove e Aquatica, em Orlando e Adventure Island, em Tampa.

O parque oferece um sistema de “fura-filas” que pode ser adquirido à parte.

O Quick Queue dá acesso sem fila somente 1 vez por atração participante, sendo elas: Falcon’s Fury, Cheetah Hunt, SheiKra, Montu, Kumba, Stanley Falls Flume, Tanganyika Tidal Wave e Congo River Ride. O Quick Queue custa a partir de US$ 19,99, na baixa temporada, até US$ 44,99, na altíssima temporada e feriados.

Já o Quick Queue Unlimited permite acesso sem fila e quantas vezes quiser nas atrações participantes que são as mesmas citadas acima e mais a Scorpion e SandSerpent. O Quick Queue Unlimited custa de US$ 34,99 até US$ 69,99.

Não recomendo comprar o Quick Queue ou Quick Queue Unlimited antecipadamente, pois eles podem nem ser necessários, mesmo em épocas de alta temporada ou feriados. Deixe para ver lá na hora como estão as filas e então avalie se há necessidade de adquirir um dos passes expressos. Lá no parque você pode comprar esses passes em quiosques que ficam próximos às atrações principais: Cheetah Hunt, SheiKra, Montu e Kumba.

Se vai com crianças pequenas, conheça o Child Swap, sistema que facilita e muito a vida dos pais que precisam se revezar para tomar conta das crianças enquanto vão nas atrações mais radicais.

Busch Gardens Shuttle Express

Para quem não estará de carro ou prefere não dirigir até Tampa, o Busch Gardens oferece transporte gratuito de ida e volta. Você pode escolher um dos 6 locais de partida/chegada. São eles:

  • Universal Studios: 1000 Universal Studios Boulevard, Orlando (partida às 8:30)
  • CSI: The Experience: 7220 International Drive, Orlando (partida às 8:45)
  • SeaWorld: 7007 SeaWorld Drive, Orlando (partida às 9:15)
  • Old Town Shopping Village: 5770 West Irlo Bronson, Kissimmee (partida às 9:15)
  • Publix: 8145 Vineland Avenue, Orlando (partida às 9:30)
  • Maingate Lakeside Resort: 7769 West Highway 192, Kissimmee (partida às 9:30)

Para escolher, use o Google Maps. Na opção “como chegar” coloque o endereço do seu hotel e os endereços acima para verificar qual deles é o mais próximo e conveniente para você.

Busch Gardens - ônibus

Ônibus do Busch Gardens – Divulgação Mears

O ponto fraco desse transporte é que há apenas 1 horário de ida, entre 8:30 e 9:40, dependendo do local de partida escolhido (como informado acima) e 1 horário de volta, dependendo do horário de fechamento do parque.

O ônibus pode fazer até 3 paradas no percurso e a viagem leva cerca de 1h e 30min. O ônibus chega no parque até 11h30.

Para utilizá-lo você deve adquirir seu ingresso do Busch Gardens previamente e agendar o transporte até 24 horas antes da sua visita, diretamente no site da Mears, que é uma empresa de transportes gigante e super conceituada nos Estados Unidos. O ingresso do parque deve ser apresentado no embarque.

O ideal é não deixar para reservar o transporte em cima da hora, pois há lugares limitados por dia. Todas as vezes que usei este ônibus ele estava completamente cheio e era sempre baixa temporada, então reserve assim que fechar seus ingressos para não correr o risco de ficar sem.

Recomenda-se chegar no local de partida (tanto na ida quanto na volta) pelo menos 15 minutos antes do horário marcado, para não perder o ônibus, já que não haverá outro.

Clique aqui para acessar o site do agendamento. Na primeira tela, selecione seu hotel na lista e a data que precisará do transporte e clique em “Continue”. Em seguida escolha o local onde deseja pegar o ônibus e clique novamente em “Continue”. Por fim, coloque seu primeiro e último nome e o número total de pessoas do seu grupo. O horário de partida do ônibus estará informado nesta página. Aí, é só clicar em “Reserve Transportation” e você verá uma tela de confirmação. Imprima essa tela e leve com você.

Quando for pegar o ônibus na ida, o motorista dirá o horário do ônibus de retorno e te entregará um ticket que deve ser entregue para pegar o transporte de volta. Para a volta, o ônibus estará parado logo em frente às catracas do parque. Se ele for parar em outro lugar, o motorista avisará no momento do embarque no transporte de ida ou quando desembarcarem no parque. Se tiver dúvidas pergunte ao motorista. Geralmente, eles falam espanhol. 😉

Como explorar o Busch Gardens

O Busch Gardens é um parque beeeem grande. Para terem uma ideia ele é um pouco maior que o Epcot, da Disney. Ele é dividido em 10 áreas.

Recomendo fazer o parque em sentido anti-horário, ou seja, virando a direita ao entrar no Busch Gardens. Agora, se você estiver com crianças, pode ser mais interessante começar pela esquerda, onde fica a área infantil. Aí depende da empolgação da criançada.

Sempre chegue com os parques abrindo, pois assim você pega o sol mais brando, o que é vantagem principalmente em épocas de calorão (quase o ano todo :-P), o parque ainda estará vazio e as atrações com pouca ou nenhuma fila, ou seja, você já começa o dia ganhando tempo.

Busch Gardens - topiária

Uma das topiárias em formato de bichos que ficam espalhadas pelo parque

Há alguns shows no parque, então é necessário checar os horários, de preferência com antecedência pelo site do Busch Gardens. Eles liberam essas informação para apenas 7 dias à frente.

Checar o horário de abertura e fechamento do parque também é essencial, já que eles variam de acordo com a alta/baixa temporada, feriados etc. É possível conferir esses horários para o ano todo. Em geral, o Busch Gardens abre entre 9:30 e 10h e fecha entre 18 e 21h.

Você pode baixar o aplicativo Busch Gardens Discovery Guide. Nele você terá acesso ao mapa do parque e descrição das atrações, tudo offline. Se tiver internet 3G no seu celular ainda pode conferir os horários dos shows e tempo de espera das filas (você deve estar dentro do parque e com o GPS ativado).

O Busch Gardens tem apenas 3 zonas wifi: logo na entrada do parque, no restaurante Crown Colony Cafe and Pub, que fica na área Egypt e na loja Kariba Marketplace, que fica na área Stanleyville. Ah, mesmo com o aplicativo, é sempre bom pegar seu mapa em português na entrada do parque, afinal bateria de smartphone é uma coisa que não dura muito.

Você pode visualizar o mapa oficial do parque, clicando aqui.

Quer saber quais são os melhores restaurantes do Busch Gardens para comer bem gastando pouco? Veja o post “Restaurantes bons e baratos no Sea World e Busch Gardens“.

Busch Gardens área do área

A dificuldade em explorar o Busch Gardens é que as suas áreas não são interligadas num ponto central e não há atalhos, sendo necessário dar a maior volta dependendo de para onde se quer ir.

Se você está num ponto do parque e quer ir para outro mais distante, o ideal é pegar o trem que possui estações em 3 áreas ou o teleférico que possui 2 estações (falo sobre estes transportes mais adiante).

Vou falar das áreas em sentido anti-horário, subdividindo-as por atrações, animais, shows e experiências especiais.

Legenda:

QQ: atrações que possuem o “fura-filas” Quick Queue.

QQU: atrações que possuem o “fura-filas” Quick Queue Unlimited.

CHEETAH HUNT

– Atrações:

Cheetah Hunt: uma das melhores montanhas-russas que eu já fui. Ela simula uma chita (ou guepardo) caçando, por isso ela mistura várias curvas, alguns momentos mais lentos e arrancadas super rápidas, inclusive numa subida. Morro de medo, mas adoro! QQ QQU

Busch Gardens - Cheetah Hunt

Cheetah Hunt

Skyride: é um teleférico que passa por cima do parque e garante uma boa vista de suas atrações. Ele vai até a área Stanleyvile (onde é possível embarcar/desembarcar), passando por cima da Cheetah Hunt, Pantopia, Congo e Jungala. O Skyride também pode ser usado como transporte para cruzar o parque, mas como costuma ter fila, o trem ainda é a melhor opção.

– Animais:

Cheetah Run: em alguns momentos do dia é possível ver os guepardos correndo bem de pertinho. Eles ficam em uma área aberta próxima à montanha-russa Cheetah Hunt. Consulte os horários das apresentações ao chegar no parque.

EGYPT

– Atração:

Montu: é uma montanha-russa invertida, ou seja, o trilho é em cima e você vai com os pés soltos. Ela é gigante, possui 7 inversões e um “Immelmann Loop”, que é uma mistura de loop e parafuso. Sem dúvida uma das melhores do mundo. Quem encara? QQ QQU

– Animais:

Edge of Africa: é como um pequeno safari à pé onde é possível ver hipopótamos, leões, suricatos entre outros animais.

Busch Gardens - Edge of Africa

Uma das lindas vistas do Busch Gardens no Edge of Africa

NAIROBI

– Atração:

Serengeti Railway – Nairobi: em Nairobi fica umas das estações desse trem que proporciona um passeio por praticamente todo o parque. No trajeto é possível avistar zebras, girafas, antílopes etc. Há ainda estações nas áreas Congo e Stanleyville onde você pode embarcar/desembarcar. Como falei, esse trem é ótimo para se locomover pelo Busch Gardens sem ter que andar quilômetros para ir de uma área à outra mais distante. Além disso, o trem proporciona vistas únicas do parque e suas montanhas-russas.

– Animais:

Animal Care Center: é um local onde os animais resgatados recebem tratamento veterinário. É possível observar os animais sendo atendidos e aprender sobre os cuidados que o Busch Gardens oferece.

Busch Gardens - elefantes

Os simpáticos elefantes

Jambo Junction: aqui você verá uma exibição de preguiças, gambás, lêmures, flamingos entre outros animais.

Elephant Interaction and Husbandry Wall: nesse local é possível ver vários elefantes.

Curiosity Caverns: caverna onde há animais como morcegos e corujas.

– Experiências especiais:

Animal Care Center Behind the Scenes Tour: uma experiência exclusiva de 75 minutos no Animal Care Center, acompanhando a rotina dos veterinários e aprendendo sobre o cuidado aos animais. Custa US$ 29 e é somente para pessoas a partir de 8 anos. Algumas vezes é possível até mesmo acompanhar cirurgias e exames. O tour deve ser reservado pelo site do Busch Gardens.

Serengeti Safari: é um safari de 30 minutos pelo Serengeti Plain, área que imita uma planície africana. Você verá vários animais e ainda poderá alimentar as girafas. O passeio custa de US$ 29 a US$ 39 e deve ser reservado pelo próprio site do Busch Gardens. Somente crianças a partir de 5 anos de idade podem participar. Para quem não quer pagar pelo passeio, as opções são o trem Serengeti Railway ou o Skyride, nos quais é possível avistar os animais, mas não tão de perto, é claro.

Busch Gardens - Safari

Carro do Serengeti Safari visto do trem Serengeti Railway. E olha a Cheetah Hunt lá no fundo!

Serengeti Night Safari: é uma experiência completamente diferente, que em geral começa às 20:30 e, por isso, é somente para pessoas a partir de 21 anos. Como acontece depois do fechamento do parque, não é necessário ter um ingresso do Busch Gardens. Este safari noturno custa US$ 69 e deve ser reservado com antecedência pelo site. São oferecidos aperitivos e bebidas antes de começar, aí você parte para uma caminhada guiada pelo Edge of Africa e em seguida embarca no carro que fará o safari na Serengeti Plain. Como no safari diurno, aqui também é possível alimentar as girafas. Por fim, são servidos sobremesas e cafés. A experiência toda dura 2 horas. O check in deve ser feito 15 minutos antes do passeio no Crown Colony Gate, ao lado da entrada do Busch Gardens.

PANTOPIA

– Atrações:

Falcon’s Fury: é uma novíssima atração, inaugurada em 2014. Resumindo, a Falcons’s Fury é coisa de gente maluca! Você sobe a cerca de 100 metros sentado em torno de uma torre e ao chegar la em cima seu assento vira e você fica de cara pro chão e depois disso, claro, despenca a quase 100 km/h. Só para os fortes! QQ QQU

Busch Gardens - Falcon's Fury

A temida Falcon’s Fury

Scorpion: é uma montanha-russa tranquila. Ela é curta e acaba super rápido, tem apenas uma quedinha e um loop vertical. É uma boa opção para esquentar e tomar coragem antes de ir nas grandes montanhas-russas como Cheetah Hunt e SheiKra, por exemplo. QQU

Busch Gardens - Scorpion

Scorpion

SandSerpent: acho que nem podemos chamar a SandSerpent de montanha-russa, pois não tem nada de emocionante. Ela é cheia de curvas fechadas, imitando o movimento de uma serpente. QQU

Bush Flyers: é uma atração para crianças, onde aviões sobem e giram, tipo o Dumbo, sabe?

Busch Gardens - Phoenix

The Phoenix

Gran Caravan Carousel: é um carrossel normal, com cavalinhos e tal.

The Phenix: parece um barco viking, mas na verdade é um martelo, pois gira 360º. Eu não vou nesse brinquedo nem amarrada. Pra mim é pior que qualquer montanha-russa! 😛

– Show:

Opening Night Critters: acontece no Pantopia Theater. É um show com diversos animais como cachorros, gatos e pássaros.

CONGO

– Atrações:

Kumba: gigante e cheia de loops, é a mais tradicional das 4 grandes montanhas-russas do Busch Gardens e nem por isso é menos emocionante. Chega a 44 metros de altura e sua velocidade máxima é de 97 km/h. Nada mal, não é? QQ QQU

Busch Gardens - Kumba

Essa sequência de loops da Kumba é demais!

Ubanga-Banga Bumper Cars: são aqueles carrinhos bate-bate que costuma ter nos parques de diversões pequenos. Nada demais, mas divertido!

Busch Gardens - Congo River Rapids

Congo River Rapids

Congo River Rapids: essa é pra se molhar! É um bote que navega por corredeiras bem turbulentas e no caminho, não tem para onde fugir: um por um vai ficando encharcado. Em dias frios é melhor passar longe dessa atração! QQ QQU

Serengeti Railway – Congo: outra estação do trem Serengeti Railway que é a melhor pedida pra a gente economizar nossas pernas.

JUNGALA

– Atrações:

Jungle Flyers: é uma tirolesa que possui três padrões diferentes de voos acima das árvores de Jungala, a cerca de 15 metros de altura.

Busch Gardens - Tree Top Trails

Jungala

The Wild Surge: é uma torre que sobe rápido até cerca de 11 metros de altura e depois vai caindo e subindo, caindo e subindo…

Tree Top Trails: é um playground de três andares onde há redes para escalar, pontes, tubos para atravessar, além de uma área com esguichos d’água.

– Animais:

Orangotango Outpost: local para observar orangotangos.

Tiger Lodge: por aqui você verá tigres de bengala e os raros tigres brancos

– Experiência especial:

Jungala Insider Tour: é uma experiência de 45 minutos com tigres e orangotangos. Para participar é necessário ter a partir de 5 anos de idade. Custa US$ 29 e você pode reservar pelo site do Busch Gardens.

STANLEYVILLE

– Atrações:

SheiKra: ela não tem um percurso tão longo quanto as outras grandes montanhas-russas do parque, mas é a que de fora parece ser mais assustadora devido a paradinha estratégica de 4 segundos à 61 metros de altura antes de um mergulho à 90º. O trilho dela é por baixo, mas ela não tem chão (floorless) o que dá ainda mais medo. Tem que ter coragem! QQ QQU

Busch Gardens - SheiKra

Essa paradinha da SheiKra é de matar!

Stanley Falls Flume: num barquinho comprido, onde vai um atrás do outro, você navega calmamente, até que surgem umas quedinhas e uma quedona de 12 metros no final e aí já sabe né… prepare-se para ficar encharcado. QQ QQU

Tanganyika Tidal Wave: mais uma da série tomando banho de roupa. É um passeio de barco pela floresta que termina com uma queda de cerca de 10 metros. Dica: como as 3 atrações do parque que molham ficam bem próximas (essas 2 aqui em Stanleyvile e a outra no Congo), o ideal é ir em uma atrás da outra e depois se secar ao vento ou trocar de roupa. QQ QQU

Skyride: como falei anteriormente, aqui em Stanleyville também tem estação do Skyride, que vai até a área Cheetah Hunt.

Serengeti Railway – Stanleyville: terceira e última estação do trem que contorna o parque.

– Show:

Busch Gardens - Madagascar

Entrada do show do Madagascar

Madagascar Live! Operation: vacation: no Stanleyville Theater acontece esse show com os personagens do filme Madagascar, que é cheio de música e dança. As falas, claro, são em inglês, mas acredito que mesmo assim seja divertido para as crianças que não entendam a língua, afinal os personagens são engraçados por si só.

SESAME STREET SAFARI OF FUN

Essa é uma área muito bonitinha, exclusiva para crianças pequenas. Ela é toda colorida e tem muitas opções divertidas. Sua decoração tem como tema a Sesame Street (Vila Sésamo).

Busch Gardens - Sesame Street Safari of Fun

Entrada da área Sesame Street Safari of Fun

– Atrações:

Air Grover: é uma montanha-russa para crianças.

Elmo’s Safari Go-Round: um carrossel com o tema safari.

Big Bird’s Whirly Birdie: é uma mini roda gigante.

Elmo’s Treehouse Trek: é uma casa na árvore em que as crianças podem subir e brincar.

Snuffy’s Elephant Romp: são elefantes que sobem e giram. Mais uma atração que é tipo o Dumbo.

Zoe-patra & the Hippos of the Nile: são “barquinhos” em formato de hipopótamo que vão navegando e tem uma mini quedinha no caminho.

Rosita’s Djembe Fly-Away: é como um carrossel só que são cadeirinhas presas em cabos que ficam girando, numa altura bem baixinha, afinal é para crianças pequenas, como tudo aqui nessa área da Vila Sésamo.

Busch Gardens - área Sesame Street

A área é super fofa e colorida

Telly’s Jungle Jam: área interativa onde as crianças podem explorar as formas, sombras e sons.

Slimey’s Sahara Sand: é um cercado de areia para as crianças brincarem.

Cookie Monster’s Canopy Crawl: playground de 3 andares.

Bert & Ernie’s Watering Hole: são vários esguichos d’água para se refrescar e brincar muito.

The Count’s Zambezi Rally: são carrinhos que andam em um trilho fixo e fazem as crianças terem certeza que estão dirigindo. 🙂

Big Bird’s 123-Smile with Me: os personagens da Vila Sésamo ficam nesse local para tirar fotos com as crianças.

– Show:

A is for Africa: é um show com os personagens da Vila Sésamo que acontece no Sunny Day Theater.

BIRD GARDENS

Aqui fica a montanha-russa de madeira Gwazi que foi fechada definitivamente em fevereiro de 2015. Ela ainda não começou a ser desmontada e ainda não se sabe o que terá no local. Para mim não está fazendo falta, pois ela sacudia demais, sempre saída dela com uma baita dor de cabeça.

– Animais:

Walkabout Way: nessa trilha você encontra os simpáticos e preguiçosos cangurus. Digo preguiçosos, porque toda vez que estive lá estavam todos deitados numa pose meio engraçada. São fofos!

Busch Gardens - Walkabout

Muitos cangurus na Walkabout Way

Lory Landing: é uma área com diversos pássaros. Você pode até alimentá-los, mas para isso terá que comprar a comida própria para eles.

MOROCCO

– Atrações:

Busch Gardens - Gwazi Games

Um dos jogos da Gwazi Games

Gwazi Gliders: mais uma atração tipo Dumbo, só que neste as “navezinhas” que sobem e giram são em forma de asa-delta.

Gwazi Games: são vários joguinhos daqueles que costumam ser encontrados em parques de diversões pequenos. Neles paga-se à parte para jogar e há prêmios para os ganhadores. Esse aí da foto é muito engraçado. Ninguém ganha! rs

– Animais:

Myombe Reserve: nesse local você pode ver gorilas e chimpanzés.

Jacarés: na área Morocco é possível ver os american alligators.

– Show:

Iceploration: acontece no Moroccan Palace Theatre. É um show de patinação no gelo que conta a história de um menino e seu avó explorando florestas e o ártico.

Outras experiências especiais:

Elite Adventure Tour: é uma experiência super personalizada de 7 horas com a presença de um guia para no mínimo grupo de 2 pessoas. Inclui café da manhã e almoço, acesso sem filas às atrações, interações com animais e o Serengeti Safari (mínimo 5 anos de idade). Custa US$ 199 por pessoa e não inclui o ingresso do parque, que é necessário. As reservas podem ser feitas pelo site do Busch Gardens.

Guided Adventure Tour: essa experiência dura 5 horas e é para grupos de até 15 pessoas. Inclui o guia, almoço, Serengeti Safari (mínimo 5 anos de idade), interação com animais e acesso às atrações sem filas. Custa US$ 99 por pessoa e não inclui o ingresso do parque, que é necessário. Reservas pelo site.

Keeper for a Day Tour: durante 6h e meia você aprenderá e ajudará os veterinários e tratadores a cuidar e alimentar os diversos animais que existem no parque. Custa US$ 249 e é destinado para pessoas a partir de 13 anos. Inclui o ingresso ao parque e o almoço. As reservas devem ser feitas num site à parte. Você pode acessar clicando aqui.

Heart of Africa Tour: nessa experiência você verá de perto e aprenderá sobre animais da África como guepardos, hipopótamos e leões. Dura aproximadamente 90 minutos e custa US$ 39 por pessoa, não incluindo o ingresso do parque, que é necessário. Esse tour é destinado a pessoas a partir de 10 anos. Você pode reservar pelo site do Busch Gardens.

– – –

Busch Gardens - vista

O Busch Gardens é lindo! Fala sério!!!

O Busch Gardens está sempre no meu roteiro por proporcionar uma experiência diferente dos outros parques, fora que eu acho ele lindo e super agradável. Não tem desculpa para não ir, afinal lá tem opções para todas as idades.

Se você ainda não conhece dê uma esticadinha até Tampa e saia um pouco do eixo Disney/Universal. Acho que você não vai se arrepender!

Endereço do Busch Gardens:

10165 North Malcolm McKinley Drive · Tampa, FL 33612

Valor do estacionamento: US$ 18

Compartilhe.

Deixe seu comentário! Respostas em até 5 dias. Todas as mensagens são moderadas.